Monthly Archives: Novembro 2013

As marionetas vão à escola

cartazvagalumes

As companhias Nuvem Voadora e Teatro e Marionetas de Mandrágora juntaram-se para uma nova aposta: levar o teatro das marionetas à escola. Cientes de que sair da escola é cada vez mais complexo, em termos logísticos e financeiros, e acreditando que os agentes culturais não podem deixar de educar artisticamente os mais pequenos, promove-se, desta forma, um esforço de aproximação.

O espetáculo O Guardião dos Vagalumes foi construído a pensar nos mais pequenos, aliando a cultura à educação ambiental. Este espectáculo reveste-se de um lado pedagógico forte,  que se liga ao universo lúdico e divertido do teatro das marionetas.

Quando?
De 11 de Novembro a 20 de Dezembro.
Como trazer o espetáculo à escola?
Basta enviar e-mail ou telefonar e aguardar a confirmação de agendamento.
Horários
Manhã – 9h30 e/ou 11h
Tarde – 14h
Qual o espaço ideal na escola para acolher o espetáculo?
Um espaço amplo, de boa acústica, com acesso à corrente eléctrica, onde as crianças possam assistir confortavelmente sentadas.

 
Anúncios

Deixe um comentário

Filed under agenda, associação, teatro e marionetas de mandrágora

(Con)Sumo de Laranja

(con)sumo de Laranja – solo clown para montras
Este Palhaço tem tudo, mas está sozinho, preso no seu aquário. Vive a solidão das paredes de vidro que o separam do mundo real. Têm esperança de conseguir convencer os transeuntes (o tempo de um sumo de laranja) a participar na sua orquestra improvisada que já conta com uma flauta amestrada e um bolo de aniversário que canta.

 

1 Comentário

Filed under (Con)Sumo de Laranja, agenda, associação

O Som das Estrelas

“Até à estrela que nasceu
Tão longa é a caminhada
Que anos por milhar correu
A luz aqui chegada.”
Mihai Eminescu

Duas partículas estrelares fogem da sua rotação normal e desaguam no planeta terra. Estes fragmentos siderais produzem imagens e sons do cosmos. A musica e os corpos descobrem e ocupam os espaços. Improvisam, jogam, dançam e interagem com os novos seres que encontram. uma nova poesia universal surge inesperadamente.

 


 

Deixe um comentário

Filed under o som das estrelas